sexta-feira, 13 de maio de 2011

Surto


Eu odeio ficar entedeada e é desse jeito que estou agora, aliás eu odeio odiar tanto e tantas coisas, eu odeio por exemplo,eu odeio a TV onde dita tudo que devemos fazer, ser e seguir e odeio ainda mais quem passa o dia em frente a ela querendo ter a mesma bunda que aquela puta que acha que é bonita e que essa beleza à leva muito longe. Aliás eu odeio mulheres que tem muita bunda e pouco cerebro, odeio quem mostra os peitos pra evidenciar o que lhe falta em personalidade e mais ainda quem acha que é melhor que as outras depois de terem enfiado o dedo na garganta pra ficarem magérrimas e vomitam assim a comida e também a inteligência. eu odeio quem acha Funk o máximo, quem acha Axé o máximo, quem acha que a Bahia no Carnaval é o paraíso. odeio o Carnaval também, as pessoas vão buscar diversão e voltam mais vazias do que ja eram. odeio quem acha que curtir a vida é por a roupa da 'moda' pra 'pegar geral' e 'beber todas'. odeio bebâdos, odeios seus choros, suas histórias de amores frustrados, odeio quem bebe pra esquecer os problemas e depois ficam choramingando todos eles. odeio a moda, odeio quem é escrava da chapinha, da agua oxigenada , do salto alto e do espelho. odeio mulheres quarentonas que agem como garotas de 15 e acham que estão abafando, seus filhos estão virando marginas, mas estão ''na pista pra negocio''. odeio homens quarentões que querem pegar garotas de 15 e acham que com isso podem ser considerados másculos. odeios pessoas que querem me dizer o que fazer e que não dão conta nem da própria vida. odeio risadas demais, choros demais, odeio em si tudo que é demasia. odeio Zorra Total,novela odeio quem pega as gírias que essa gente diz e depois fica falando por aí como se fosse a coisa mais engraçada do mundo. odeio quem não entende o óbvio, quem se acha inteligente e num sabe nem que raios que foi a Crise de 29. odeio quem fala 'pobrema' , 'nóis vai', 'nóis foi'. odeio homens sensíveis. Odeio esses casais que fazem declarações estupidamentes melosas que me dão vontade de vomitar e que um mês depois terminam e logo estão fazendo a mesma porra de declaração para outros. Odeio quem escreve muito muito errado, quem acha que ler um livro é perda de tempo. Odeio quem passa o dia inteiro jogando video game e depois fica dizendo que a vida não é facil, que emprego é dificil de encontrar, quero que se fodam. Odeio garotas que colocam batom forte, colocam sandalhinha e vão com o cabelo molhado pro colégio, porra alguem diz pra elas que não é boate e que ver essa poluição visual faz mal pros olhos?. Odeio brigões que acham que estão causando por intimidar os outros e odeio essas burras que acham eles o máximo. Odeio quem fala baixo, quem é quetinha mas que por dentro é a maior piranha do bairro. Odeio dissimulados. odeio quem fica venerando cantores ou qualquer merda dessas, seu Ídolo não te ama porra. Odeio frescurites, quem não senta em qualquer lugar pra não se sujar, quem não corre pra não despentear, enfiem tuas roupinhas limpinhas no cu. Odeio vendedoras stressadas, pô minha filha se ninguem te come a culpa não é minha ta legal?. odeio crianças sem educação, birrentas e mimadas. Odeio quando perguntam se estou triste só por eu ter calado a boca. Odeio carentes ao extremo. Odeio professores que deixam sua personalidade transparecer numa sala de aula. Odeio o gugu, o faustão e ainda quem pára pra vê-los. Odeio esse texto que acabei de fazer e de como ele é inutil. haaaa Odeio. =x

Nenhum comentário:

Postar um comentário