quinta-feira, 17 de novembro de 2011


Há quem diga que fez ou faz amor
referindo-se ao ato sexual
contesto...é deboche enganador
tal expressão vulgar me soa mal.

Amor não se faz com simples tocar
de algum corpo a queimar quimicamente
num vai e vem ritmado como o mar;
tentação que, qualquer animal sente.

O amor se planta numa alma inocente
Com meiguice e candura se projeta,
se desenha, se esculpe, se modela.

Se aduba com respeito essa semente;
Minha menina, que me deixa sem jeito,
sem folego, e de coração apertado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário