segunda-feira, 28 de março de 2011

domingo, 27 de março de 2011

A Cruz e a Espada

Havia um tempo em que eu vivia
Um sentimento quase infantil
Havia o medo e a timidez
Todo um lado que você nunca viu

Agora eu vejo,
Aquele beijo era mesmo o fim
Era o começo
E o meu desejo se perdeu de mim

E agora eu ando correndo tanto
Procurando aquele novo lugar
Aquela festa o que me resta
Encontrar alguém legal pra ficar

Agora eu vejo,
Aquele beijo era mesmo o fim
Era o começo
E o meu desejo se perdeu de mim

E agora é tarde, acordo tarde
Do meu lado alguém que eu nem conhecia
Outra criança adulterada
Pelos anos que a pintura escondia

Agora eu vejo,
Aquele beijo era o fim, ah era o fim
Era o começo
E o meu desejo se perdeu de mim
E nunca mais, nunca mais, ou...

sexta-feira, 4 de março de 2011

Rotina


Só pra manter a rotina meu coração bate, levanto-me olho pela janela, e tudo num fluxo rotina, um rio rotina, um tempo rotina, pessoas rotina e não sei porque ou por quem, dou o primeiro passo. Bebo algo só por habito, bons dias, boas tardes, boas noites, e sim... tudo rotina.