quinta-feira, 31 de julho de 2014

Héteros + borboletas no estomago


Quem nunca se apaixonou de sentir borboletas no estomago por uma hétero?  #eujá
Pior do que se apaixonar (ficar louca igual babaca na verdade) por uma hétero é tentar demonstrar que está apaixonada. Geralmente, escondemos o sentimento, enterramos a sete chaves e a ultima opção é demonstrar. Só que nós não fazemos parte da minoria. Nós, as pessoas que fazem loucuras românticas, nos declaramos. Compramos um ursinho de pelúcia, ou um coração , e nele escrito: Eu te amo #simnãominta. Damos chocolate. Cartões com mensagens de amor. Levamos a garota na porta de casa. Seguramos a respiração quando abraçamos a garota e, quando rola um beijo no rosto, você fica com vontade de não lavar a bochecha.
Depois de viver tudo isso, o que lhe resta é a certeza que ou ela ainda não sacou seu sentimento ou tão somente finge-se de desentendida. E o que acontece depois? Você vai agir e falar: “Você é linda, eu gosto de você, mais do que eu queria gostar. Eu sei que você é hétero, mas eu não consigo mudar o que sinto. Eu amo você.”
Não tem como saber se ela vai gostar, se vai se afastar de você ou casar contigo daqui duas semanas. Fato é que, as vezes externar, jogar pra fora o que sentimos é melhor do que ficar guardado dentro da cabeça e do coração. Se você não falar, a resposta sempre será ‘NÃO’. Ao passo do fazer, abrem as portas para mais duas opções: o ‘TALVEZ’ e o (tão sonhado) ‘SIM’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário